Páginas

16 outubro 2006

Toda a verdade!!!!!

Recebi por mail e aqui estou a partilhar com vocês o que se passa no nosso País, em que nos é pedido para apertar o cinto!!!!



"Isto é apenas uma gota no OCEANO chamado Portugal!
Tudo o que vai aparecer neste texto não é ficção! Acontece em Portugal. País com regime democrático à beira mar plantado. Vamos lá...

Demorou até um pouco para ver se não dava nas vistas. Mas a Festa continua ....... Segundo a revista Focus (pág.25 ), a EDP conta com um novo assessor jurídico. Foi nomeado pelo ex-ministro António Mexia (actual presidente executivo da EDP) e vai ganhar cerca de EUR 10.000/mês.
Quem é ele?
Perguntam vocês... Pensem um pouco... Mais um bocadinho...
Não era fácil...:
- Pedro Santana Lopes (MAIS UM JOB)

A opinião pública é fabricada por quem? Penso que todos somos influenciados pela COMUNICAÇÃO SOCIAL .
ESTÃO TODOS CALADINHOS, PORQUÊ ???????????????? Subsistema de Saúde dos Jornalistas. Por que será que andam caladinhos? Objectividade da análise jornalística?
Porque é preciso ter os jornalistas na mão.... O subsistema de saúde "dos fazedores de
opinião" é INTOCÁVEL!!! A Caixa de Previdência e Abono de Família dos Jornalistas
é dirigida por uma comissão administrativa cuja presidente é a mãe do ministro António
Costa e do Director-Adjunto da Informação da SIC , Ricardo Costa (Maria Antónia Palla
Assis Santos - como não tem o "Costa", passa despercebida...). O Ministro José António
Vieira da Silva declarou, em Maio último, que esta Caixa manteria o mesmo estatuto!
Isso inclui regalias e compensações muito superiores às vigentes na função pública
(ADSE), SNS e os outros subsistemas de saúde. É só consultar a tabela de
reembolsos anexa.... Mas este escândalo não será divulgado pela comunicação
social, porque é parte interessada (interessadíssima!!!) pelo há que o divulgar a
o máximo por esta via!!!

Era a manchete do Expresso e custa acreditar. A nossa petrolífera tem vindo a
ser albergue de parasitas e toca de incompetentes. Veja-se: Um quadro superior
da GALP , admitido em 2002, saiu com uma indemnização de 290.000 euros, em
2004. Tinha entrado na GALP pela mão de António Mexia e saiu de lá para a REFER,
quando Mexia passou a ser Ministro das O.P. e Transportes... O filho de Miguel
Horta e Costa , recém licenciado, entrou para lá com 28 anos e a receber, desde
logo, 6600 euros mensais. Freitas do Amaral foi consultor da empresa, entre 2003
e 2005, por 6350 euros/mês, além de gabinete e seguro de vida no valor de 70
meses de ordenado. Manuel Queiró, do PP, era administrador da área de imobiliário(?) 8.000euros /mês. A contratação de um administrador espanhol passou por ser-lhe
oferecido 15 anos de antiguidade (é o que receberá na hora da saída),pagamento
da casa e do colégio dos filhos, entre outras regalias. Guido Albuquerque, cunhado
de Morais Sarmento , foi sacado da ESSO para a GALP. Custo: 17 anos de
antiguidade, ordenado de 17.400 euros e seguro de vida igual a 70 meses de
ordenado. Ferreira do Amaral , presidente do Conselho de Administração.
Um cargo não executivo(?) era remunerado de forma simbólica: três mil
euros por mês, pelas presenças. Mas, pouco depois da nomeação, passou a
receber PPRs no valor de 10.000 euros, o que dá um ordenado "simbólico"
de 13.000 euros...
Outros exemplos avulsos: Um engenheiro agrónomo que foi trabalhar para
a área financeira a 10.000 euros por mês; A especialista em Finanças que foi
para Marketing por 9800 euros/mês... Neste momento, o presidente da
Comissão executiva ganha 30.000 euros e os vogais 17.500. Com os novos
aumentos, Murteira Nabo passa de 15.000 para 20.000 euros mensais.
A GALP é o que é, não por culpa destes senhores, mas sim dos amigos
que ocupam, à vez, a cadeira do poder. É claro que esta atitude, emula do
clássico "é fartar, vilanagem", só funciona porque existe uma inenarrável
parceria GALP/Governo. Esta dupla, encarregada de "assaltar" o
contribuinte português de cada vez que se dirige a uma bomba de
gasolina, funciona porque metade do preço de um litro de combustível
vai para a empresa e, a outra metade, para o Governo. Assim, este
dream team à moda de Portugal, pode dar cobertura a um bando de
sanguessugas que não têm outro mérito senão o cartão de militante.
Ou o pagamento de um qualquer favor político... Antes sustentar as
gasolineiras espanholas que estão no mercado do que estes vampiros!!!

Assunto:PESO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NA POPULAÇÃO
ACTIVA ( Dados de 2004)
(Fonte EUROSTAT, publicado no Correio da Manhã)
Suécia .. 33,3%
Dinamarca ..30,4%
Bélgica .. 28,8%
Reino Unido ..27,4%
Finlândia ..26,4%
Holanda .. 25,9%
França .. 24,6%
Alemanha .. 24%
Hungria .. 22%
Eslováquia ..21,4%
Áustria .. 20,9%
Grécia .. 20,6%
Irlanda .. 20,6%
Polónia .. 19,8%
Itália .. 19,2%
República Checa ..19,2%
PORTUGAL .. 17,9%
Espanha .. 17,2%
Luxemburgo .. 16%
Não há pois funcionários públicos a mais. Há sim uma distribuição
não correcta, o que faz com que haja sectores em falta e outros em excesso.
Por exemplo, a reforma administrativa que, sem dúvidas, urge fazer-se,
deverá começar por mudar a realidade dos dados que nos indicam que
cada ministro deste e de outros governos tem, para seu serviço pessoal
e sob as suas ordens directas, uma média de 136 pessoas (entre
secretários e subsecretários de estado, chefes de gabinete, funcionários
do gabinete, assessores, secretárias e motoristas) e 56 viaturas,
apenas CINCO vezes mais que no resto da Europa.
Há políticos e governantes que querem a diminuição cega dos quadros
apenas para que as empresas privadas de seus amigos e padrinhos
possam ser contratadas para fazer serviços públicos ("Outsourcing")
e possam facturar muito.
Finalmente, o contraste entre o destaque dado pela comunicação social
controlada e até corrupta.
Se serviu para alguma coisa, o «programa dos Prós» da RTP de
22 de Maio, foi que, quando as comadres se zangam, sabem-se as
verdades. E a verdade que saiu do programa da RTP foi que temos
uma comunicação social corrupta e ao serviço de quem tem muito dinheiro.
Nestes dias, a ideia que mais uma vez a comunicação social vendeu à
opinião pública, foi a da necessidade de 200 mil despedimentos na função pública.
Resulta que somos o 3º país da U.E. com menor percentagem de funcionários
públicos na população activa.
A realidade sustentada por alguns governantes e ex-governantes,
nada mostra quanto aos factos que estarão na base de tais afirmações,
tão pouco se naqueles 200 mil, estarão os milhares de "boys" nomeado
s pelo mesmo sistema que os esses mesmos governantes construiram
nos últimos 20 e alguns anos.
Assim se informa e se faz política em Portugal.

Em Setembro de 2002 foi publicada na II Série do Diário da República
a aposentação do Exmº. Senhor Juiz Desembargador Dr. José Manuel
Branquinho de Oliveira Lobo , a quem foi atribuído o número de
pensionista 438.881.
De facto, no dia 1 de Abril de 2002 o Dr. Branquinho Lobo havia sido
sujeito a uma "Junta Médica" que, por força de uma doença do foro
psiquiátrico , considerou a sua incapacidade para estar ao serviço do
Estado, o que foi determinante para a sua passagem à aposentação.
De acordo com o disposto na alínea a) do nº.2 do artigo 37º do
decreto-lei nº.498/72 de 9 de Dezembro, em caso de aposentação
motivada por incapacidade ou doença, constitui regalia dos magistrados
judiciais auferirem a sua pensão de aposentação por inteiro, como se
tivessem todo o tempo de serviço para tal necessário.
Por esse motivo , o Dr. Branquinho Lobo passou a auferir uma pensão
de aposentação no montante de € 5.320,00.
Contudo, por resolução proferida no dia 30 de Julho de 2004, o
Conselho de Ministros do Governo do Dr. Pedro Santana Lopes nomeou
o Dr. Branquinho Lobo como Director Nacional da Polícia de Segurança Pública.
Desde então, o Dr. Branquinho Lobo acumula a sua pensão de aposentação
por incapacidade com o vencimento de Director Nacional da P.S.P.


Depois de apresentar este texto só posso dizer que tenho vergonha .
Gostava de viver numa verdadeira Democracia!
· Todos com o mesmo sistema de saúde;
· Todos a pagarem impostos;
· Todos a terem reformas merecidas e justas;
· Todos com o mesmo sistema de Justiça e não um para os ricos
(intocáveis) e outro para os pobres;
· Etc... "

3 comentários:

Anónimo disse...

Olá
Costumamos visitar sempre seu blog...agora fizemos um em conjunto...convidamos a nos visitar e participar de uma brincadeira que lá postamos.
Venha ver e terá uma surpresa!
Aguardamos sua visita!!!!
Ahhhh...temos blogs individuais um de portugal outro do brasil! beijos

Xica disse...

Linda isso nunca vai acontecer. Estamos num país de corruptos desde o fundo da piramide até lá acima.
Eu já tinha recebido este mail e até pediam para fazer boicote à Galp. Pois, só que aqui o gasóleo é mais barato uns quantos cêntimos nos hipermertcados. E de quem é a gasolineira? Da Galp-como eles roubam mais, pontualmente também podem fazer preços mais baratos. Isto é uma bola de neve.
Beijitos.

ARTEMINORCA disse...

É preciso denunciar!
Beijo solidário! Lu